Share |

Sobre: Coordenadora Concelhia

Maio 27, 2016

O Bloco de Esquerda em conjunto com outros movimentos ecologistas vai participar na grande manifestação pelo fecho da Central Nuclear de Almaraz, em Espanha. O encontro será na cidade de Cáceres, dia 11 de Junho, com transporte garantido. Na mobilização para o 11 de Junho, o Bloco de Esquerda promove uma sessão pública sobre esta central nuclear no próximo dia 30 de Maio, na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa. 

Maio 17, 2016

A coordenadora concelhia de Lisboa do Bloco de Esquerda esteve presente, através de Isabel Pires e André Soares numa sessão pública na Junta de Freguesa de Carnide a propósito dos 68 anos da Nakba - catástrofe, calamidade em português e que se assinala todos os anos no dia 15 de Maio.

Maio 12, 2016

A Coordenadora Concelhia de Lisboa e o grupo municipal do Bloco de Esquerda reuniram com a direção do Sindicato dos Trabalhadores do Município de Lisboa (STML) para discutir a proposta de reorganização do Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa (RSB).

Maio 12, 2016

Concelhia de Lisboa

 E-mail: lisboa@bloco.org 

Morada: Rua de São Bento 694, 1250-223 Lisboa.

Facebook: www.facebook.com/BlocoLisboa

Twitter: www.twitter.com/LisboaBloco

 

O Bloco de Esquerda na Câmara Municipal

Email: ver.manuel.grilo@cm-lisboa.pt

Tel: 21 817 2 601

Facebook: www.facebook.com/vereadormanuelgrilo

Twitter: www.twitter.com/manuelfrgrilo

 

O Bloco de Esquerda na Assembleia Municipal

Email: aml.be@am-lisboa.pt
Tel: 218170055

Maio 11, 2016

Na reunião da Assembleia Municipal desta terça-feira, dia 10 de Maio, foi aprovado, por iniciativa do Grupo Municipal do Bloco de Esquerda, um voto de saudação aos trabalhadores do Porto de Lisboa.

Abril 10, 2016

No dia 9 de abril de 2016, entre as 11 e as 19 horas, decorreram, na sede de S.Bento, as eleições para a Coordenadora Concelhia de Lisboa.  Participaram no ato eleitoral um total de 166 aderentes do Bloco de Esquerda, tendo-se registado 124 votos na lista A, 40 votos na lista D, 1 branco e 1 nulo.
A lista A elegeu 10 mandatos e a lista D 3 mantados.

Abril 6, 2016

Aqui podes encontrar o balanço de atividades da Comissão Coordenadora Concelhia de Lisboa do Bloco de Esquerda (2013-2016)

Abril 1, 2016

As eleições para a coordenadora concelhia de Lisboa decorrem no próximo dia 9 de Abril entre as 11h00 e as 19h00 na sede concelhia (R. São Bento, 694). Neste domingo, dia 3 de Abril, pelas 15h00, na sede concelhia, decorrerá o debate entre as duas listas candidatas. Encontram-se aqui as listas e os respetivos programas para consulta.

Março 30, 2016

Aqui podes encontrar as moções e listas apresentadas à Comissão Coordenadora Concelhia de Lisboa do Bloco de Esquerda (2016-2018). Deram entrada na MAE a "Lista A - Mais Esquerda na Rua. Pelo Direito à Cidade" e a "Lista D - Desbloquear o Bloco em Lisboa".

Março 8, 2016

Aqui fica o Regulamento Eleitoral para as eleições à Coordenadora Concelhia de Lisboa do BE, bem como o calendário de todo o processo. Participa !

Novembro 23, 2015

Aqui fica a agenda de recolha de assinaturas no concelho de Lisboa para a candidatura presidencial da eurodeputada Marisa Matias entre os dias 30 de Novembro e 4 de Dezembro. Participa e traz um amigo também. 

Novembro 17, 2015

Aqui fica a agenda de recolha de assinaturas no concelho de Lisboa para a candidatura presidencial da eurodeputada Marisa Matias. 

Julho 8, 2015

O Bloco de Esquerda está realizar encontros junto de instituições e organizações não-governamentais de modo a conhecer melhor e em concreto a gravidade da situação social da população do concelho de Lisboa. Neste contexto, o Bloco de Esquerda promoveu esta reunião/encontro com o GAT, uma organização de terreno afim de melhor nos inteiramos da sua intervenção, das dificuldades que nela encontra, trocando impressões e procurando contribuir para a construção de respostas.

Julho 8, 2015

A maioria que suporta a Câmara Municipal de Lisboa gaba-se deter o IMI e a participação variável no IRS nos mínimos legais. Mas a verdade, éque fixando os impostos municipais em mínimos, promove a injustiça narepartição dos encargos entre os lisboetas. Vejamos: