Share |

Sobre: transportes

Março 27, 2019

Reportagem do esquerda.net com vox pop sobre a redução histórica do preço dos passes de transporte e os impactos que vai ter nas famílias em Lisboa.

Janeiro 29, 2019

Em resposta à pergunta do Grupo Parlamentar do Bloco, o Ministério do Ambiente afirma que a conclusão dos trabalhos nas estação do Metro de Arroios só terá lugar "no final de 2020/início de 2021".

Janeiro 18, 2019

Na sequência da derrapagem temporal da obra do Metro de Arroios, o Bloco de Esquerda exige, através do seu Vereador Manuel Grilo, que o Governo garanta uma indemnização aos comerciantes da zona da Praça do Chile. Uma moção foi apresentada neste sentido na última reunião de CML (aprovada por unanimidade). O Vereador e o Grupo Municipal do Bloco irão reunir com moradores e comerciantes nos próximos dias.

 

Janeiro 18, 2019

Comunicado da Coordenadora Concelhia de Lisboa, sobre a expansão da rede do metropolitano em Lisboa.

Janeiro 15, 2019

No dia 11 de janeiro de 2019, o Grupo Parlamentar do Bloco de Esquerda questionou o Governo sobre os atrasos nas obras de alargamento do cais da estação do metro de Arroios. Os deputados Isabel Pires e Heitor de Sousa consideram que os atrasos verificados nesta obra são inaceitáveis, numa operação que deveria ser mais simples, bem como tem complicado de sobremaneira a vida de milhares de utentes da linha verde do Metro de Lisboa, durante mais de um ano e meio.

Janeiro 12, 2018

No âmbito da discussão do Orçamento e das Grandes Opções do Plano da Câmara Municipal de Lisboa, para o ano de 2018, a Assembleia Municipal de Lisboa reúne com todos os vereadores no sentido de escrutinar estes documentos estruturantes da actividade do município. Nesta nota, o Grupo Municipal do Bloco de Esquerda dá conta das questões colocadas pelos seus deputados municipais aquando da audição do vereador da Mobilidade e Segurança, na 8ª Comissão Permanente, dedicada aos temas dos Transportes, Mobilidade e Segurança.

Agosto 10, 2017

Ricardo Robles, candidato do Bloco à Câmara de Lisboa, afirmou que o veto do Presidente da República ao diploma que introduzia alterações à municipalização da Carris “é claramente político” e resulta da “agenda da direita”. Bloco defenderá a mesma posição em setembro.

Julho 10, 2013

O programa "poder local" do canal TVL realizou um debate sobre transportes, convidando vários partidos. A representar o Bloco de Esquerda esteve Heitor Sousa. O video do debate pode ser visto aqui: http://tvl.pt/2013/07/08/poder-local-lisboa-os-transportes/

Janeiro 16, 2013

Os aumentos tarifários levados a cabo pelo Governo em 2013 atingem os 61,4%, de acordo com as novas tabelas de preços publicadas pelas empresas de transportes públicos da região metropolitana de Lisboa e do Porto. O Bloco de Esquerda colocou para votação a revogação destes aumentos abusivos, muito superiores ao aumento decretado pelo Governo de 0,9%.

Janeiro 15, 2013

Ação contra os aumentos nos transportes, com Ana Drago e Catarina
Martins, amanhã, quarta-feira 16 de Janeiro, às 8 horas, na estação do
Campo Grande.

Novembro 23, 2012

Quem te diz que não há alternativa à política seguida pelo Governo está a enganar-te. No sector dos transportes, os preços estão cada vez mais altos, esperamos mais tempo, o serviço é pior e preparam-se para vender as empresas públicas.

Mas há alternativas. Junta-te a nós no Fórum da Mobilidade e dos Transportes Públicos e  vem discutir um rumo alternativo.

 

Domingo, dia 25, no Hotel Florida, no Marquês do Pombal, Lisboa, a partir das 10h30 horas.

Outubro 27, 2012

No final de uma reunião com representantes dos trabalhadores do Metro de Lisboa, esta terça-feira, o deputado João Semedo acusou o Governo de obrigar os portugueses a pagar "mais por um serviço de transportes de pior qualidade" e de promover "um despedimento massivo" nesta empresa.

Setembro 26, 2012

No passado dia 29 de agosto o Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres (IMTT) divulgou as novas regras no âmbito dos apoios nos passes para estudantes. Os alunos em Portugal tinham acesso ao passe “4-18”, mais direcionado para alunos que frequentam a atual escolaridade obrigatória, e o passe “sub-23” destinado aos estudantes do ensino superior. Vale a pena lembrar que estes passes, que tinham uma redução de 50% face ao preço regular, foram já alvo de uma diminuição por parte deste governo de 25%, com consequências graves na mobilidade destas crianças e jovens.